Netcat

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Netcat

Mensagem por Brain em Seg Jan 21, 2008 10:00 pm

É lugar comum dizer que o Netcat, um pequeno software desenvolvido inicialmente para Unix, é o canivete suíço do TCP/IP. Existem atualmente versões do Netcat para Windows, porém é muito fácil encontrá-la na maioria das distribuições Linux. Mas qual o motivo dessa fama e a verdadeira utilidade dessa ferramenta?

A grosso modo a maior utilidade dessa ferramenta é estabelecer uma conexão TCP entre dois hosts. Vamos a exemplos práticos, por exemplo um servidor POP de e-mail escuta na porta 110, como o Netcat pode se conectar em qualquer porta, basta usar o comando:

nc –vv ip-do-servidor 110

Pronto, está estabelecida a conexão! Porém é necessário saber o que o servidor espera receber, ou seja, quais os comandos válidos nessa conexão. É como bater na porta de um chinês, é necessário conhecer seu idioma para conseguir se comunicar. No caso de um servidor de POP nós sabemos que é esperado em primeiro lugar um usuário e senha válidos. Portanto, depois de estabelecida a conexão, utilize os comandos:

C:\windows> nc –vv ip-do-servidor 110
+ok Ready
user andre
+OK Password required for andre
pass minha-senha
+OK andre has 06 visible messages (0 hidden) in 521825 octets.
list
1 3973
2 4081
3 9705
4 442395
5 4381
6 4114

retr 1 (Use este comando para visualizar a mensagem 1)
..
quit

Vamos a outro exemplo, desta vez em um servidor Web. Como sabemos, normalmente os servidores Web não requerem autenticação, portanto qualquer um pode recuperar as páginas ali armazenadas. Utilize o Netcat dessa forma:

nc www.site-qualquer.com.br 80

Depois de conectado, usamos um comando válido (GET) do servidor Web para visualizar o conteúdo da página inicial, assim:

GET index.html

Note que o código HTML foi mostrado em seu console, a única diferença entre esse processo e seu navegador é que o último consegue interpretar esse código e mostrar de forma agradável o conteúdo.

Esses dois são exemplos simples do uso do Netcat como cliente de duas aplicações. Esse objetivo seria tingido também com o uso do Telnet. Porém o Netcat apresenta recursos bem mais úteis, como veremos a seguir.

Um dos exemplos mais interessantes do uso do Netcat é a possibilidade de criar um serviço escutando em uma determinada porta, isso é conseguido com o parâmetro –l. Vamos a mais um exemplo:

nc –l –e cmd.exe –p 53

Este comando colocará um serviço ativo na porta 53 (-p 53), em estado de escuta (-l) e usando o interpretador de comandos do Windows 2000/XP (-e cmd.exe). Para se conectar a esta máquinas basta de outro computador usar o Netcat assim:
nc –vv ip-da-outra-maquina 53

Pronto! Agora você pode usar console da outra máquina como se estivesse sentado em frente a ela. Este exemplo pode ser ajustado perfeitamente para outros sistemas operacionais, no Linux, por exemplo, basta trocar o parâmetro –e cmd.exe por –e /bin/sh.

fonte: Invasao

Brain
Mod
Mod

Mensagens : 30
Data de inscrição : 10/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum